terça-feira, 20 de julho de 2021

APDSI divulga curso do Técnico+ sobre Economia Circular


APDSI divulga curso de especialização do Técnico+, do Instituto Superior Técnico, sobre “Economia Circular: Metodologias para a Transição nas Empresas”. Este curso tem como objetivo dotar os seus formandos dos conceitos base de economia circular, numa ótica de análise de ciclo de vida. Com a aplicação de software da especialidade será capaz de analisar problemas complexos e sistémicos, identificando oportunidades de melhoria, de modo a propor soluções práticas de economia circular adequadas ao contexto da sua organização.

As organizações devem, cada vez mais, posicionarem-se no sentido de desenvolver e implementar ações mais sustentáveis, não só para se manterem competitivas, mas também para darem resposta à procura dos consumidores e cumprirem com a nova legislação europeia. A Economia Circular, um fator chave para qualquer organização alcançar a sustentabilidade na sua atividade, permite ter uma visão sistémica dos problemas e encontrar soluções sustentáveis.

As candidaturas encontram-se abertas até dia 26 de agosto de 2021.

Mais informações e candidaturas AQUI.

---

A par deste curso, o Técnico+ está também a organizar um webinar sobre “Economia Circular - Uma transição para um futuro mais sustentável”, no próximo dia 29 de julho, às 18:00 horas. Neste seminário, apresentado pela Professora Ana Carvalho, do Instituto Superior Técnico, e por Marta Brazão, da Circular Economy Portugal, vamos falar acerca dos principais princípios e de alguns exemplos práticos de aplicação da Economia Circular em vários setores.

O webinar é gratuito, com inscrição prévia AQUI.

terça-feira, 13 de julho de 2021

CONCLUSÕES | MeetOn “Economia Circular dos Dados”



A área de Política Digital e Governança na APDSI dinamizou e promoveu o MeetOn “Economia Circular dos Dados” em 01 de julho, cujas conclusões estamos agora a difundir.

Este encontro online juntou os testemunhos do Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, de Francisco Lima, Presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE) e Professor no Instituto Superior Técnico, de Luís Antunes, DPO na Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD), Professor no Departamento de Ciência de Computadores na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (DCC - FCUP) e Diretor do Centro de Competências de Cibersegurança e Privacidade (C3P) na mesma Faculdade, de Miguel Gaspar, Vereador da Economia e Inovação, Mobilidade e Segurança na Câmara Municipal de Lisboa, e de João Mota Lopes, Public Sector Lead Account Manager da Oracle, patrocinadora do evento.

A coordenação da sessão esteve a cargo de Filipa Fixe, Vogal da Direção da APDSI.

A APDSI dará sempre palco à partilha de experiências e de boas práticas.

sexta-feira, 9 de julho de 2021

CONCLUSÕES | ACT! ON Economia Circular



A área de Cidadania e Inovação Social da APDSI, no âmbito da atividade do seu Grupo de Missão “CivicTech” dinamizou e promoveu o ACT! ON Economia Circular em 30 de junho, cujas conclusões estamos agora a difundir.

Nesta sessão, Inês Santos Silva, cofundadora da comunidade Portuguese Women in Tech, esteve à conversa com responsáveis dos projetos: Dou-te Se Vieres Buscar – GuardaO Sótão e Rnters.

O objetivo do encontro foi conhecer vários projetos que recorrem à tecnologia para promover a reutilização e estender a vida de produtos. O que motivou a sua criação? De que forma estão a tirar partido da tecnologia social? Qual o esforço envolvido na criação e na manutenção de projetos deste tipo?

A APDSI dará sempre palco à partilha de experiências e de boas práticas.

quinta-feira, 8 de julho de 2021

APDSI divulga chamada para voluntários da itSMF Portugal

 

APDSI divulga chamada para voluntários da itSMF Portugal


A itSMF Portugal, parceira da APDSI, está a alargar a sua Equipa e a sua Comunidade.

Esta é uma excelente oportunidade para demonstrar e aprofundar as suas competências e a qualidade do seu trabalho, numa “montra” à escala internacional e também para, em simultâneo, obter a satisfação de colaborar numa missão nobre e vital para um setor em franco crescimento, contribuindo decisivamente para o aumento da maturidade e da competitividade das empresas nacionais do setor das TIC.

A itSMF Portugal tem vindo a realizar diversas atividades e eventos, tendo também intensificando a divulgação das mesmas. Mas temos muitas mais iniciativas e serviços aliciantes para oferecer aos nossos associados e à comunidade profissional em geral. Para isso, no entanto, necessitamos da preciosa ajuda de profissionais que nos possam auxiliar em áreas como, por exemplo, organização de eventos, inquéritos e estudos diversos e outras iniciativas ou atividades da nossa associação.

O chapter português está igualmente recetivo a propostas de colaboração inovadoras e que permitam desenvolver temas e áreas de interesse mútuo.

Para agendamento de reunião e esclarecimento de questões, poderá contactar através do email secretariado@itsmf.pt .

Nota: Os Voluntários não necessitam (mas podem) ser Associados do itSMF.

APDSI elege novos Corpos Sociais para o triénio 2021-2024

 


APDSI elege novos corpos sociais para o triénio 2021-2024

Reeleita a Direção presidida por Maria Helena Monteiro

 

Lisboa, 8 de julho de 2021 - No passado dia 29 de junho, decorreu na sede da Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação (APDSI) a Assembleia Geral Extraordinária Eleitorial, em que foram eleitos os novos corpos sociais para o triénio 2021-2024.


Na sessão liderada pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Professor Doutor José Dias Coelho, foi reeleita a atual direção, sem votos contra. Assim, mantêm-se na presidência da direção a Professora Doutora Maria Helena Monteiro, e como vogais, Filipa Fixe, João Catarino Tavares, Luís Nunes, Miguel Brito Campos, Nuno Guerra Santos e Sofia Aureliano.

No Conselho Fiscal, mantêm-se Pedro Souto, António Vasconcelos da Cunha e Luís Neto Galvão, com alteração na Delegação Norte, na qual, além de Luís Amaral, Luís Borges Gouveia e Ramiro Gonçalves, surgem agora, também, Nuno Feixa Rodrigues (para coordenação) e Eva Oliveira.

Todos os elementos da direção reeleita estão integrados profissionalmente, de forma ativa, nos setores público e privado, em áreas relacionadas com a Sociedade da Informação e Transformação Digital.

“Ousar, desafiar e inovar”, com respeito pelo passado da instituição, mantém-se o objetivo máximo para este coletivo, que se propõe fazer um trabalho de continuidade, com respeito pelo legado herdado, que tem por missão preservar e cuidar. É desiderato desta direção concretizar novos formatos e novas formas de chegar ao público, continuando a fazer da APDSI uma plataforma independente, capaz de se adaptar rapidamente às novas contingências, sendo agora tempo de consolidar e aprender a viver neste modelo híbrido – que é um desafio novo e constante.

Segurança e Privacidade, Serviços Públicos Digitais, Saúde, Cidadania e Inovação Social, Futuros da Sociedade da Informação, Tecnologias de Inteligência Artificial, Competências, Qualificação e Empregabilidade, Política Digital e Governança, Território Inteligente, Ambiente e Energia, Ética no Digital, Financiamento, Tributação e Equidade são as áreas que a APDSI vai continuar a trabalhar. Também não sofrem alterações as iniciativas transversais, como Olimpíadas Nacionais da Informática, Fórum da Arrábida, MeetUps e MeetOns, edições de livros, prémios e o Glossário da Sociedade da Informação.

Nos Grupos de Missão, surge um grupo novo, liderado por Luís Neto Galvão, que trabalhará as temáticas do Digital Service Act, Digital Marketing Act e o e-Privacy.

Celebra-se este ano o vigésimo aniversário da APDSI, o que constitui o grande momento do ano, estando a ser recolhidos vários contributos para enriquecer um livro dedicado a celebrar estas duas décadas de atividade.

De sublinhar ainda que, pela primeira vez, as votações se realizaram através de voto eletrónico, tendo sido previamente testado, e que se revelou fácil de executar, e demonstrando grande fiabilidade. Um passo importante para a APDSI, na medida em que só faz sentido difundir as inovações com intenção de concretizá-las.


Nota de imprensa de 08 de julho de 2021.

quarta-feira, 7 de julho de 2021

APDSI divulga o Research Brief 2021 publicado pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

APDSI divulga o Research Brief 2021 publicado pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa



No seguimento do Diálogo Global de Cidadãos realizado no final de 2020, a APDSI divulga o Research Brief publicado pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa que sumariza os principais resultados desta consulta em Portugal: https://observa.ics.ulisboa.pt/wp-content/uploads/2021/07/research_brief_final_05_07.pdf

A equipa deste projeto foi composta por:

·       Ana Delicado, Investigadora/Research Fellow - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

·       Luísa Schmidt, socióloga, jornalista, professora portuguesa, atualmente investigadora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

·       Edalina Sanches, Investigadora Auxiliar no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde integra os Grupos de Investigação "SPARC: Social and Political Attitudes: Resilience and Change"; e "Regimes e Instituições Políticas"

·       João Estevens, Investigador/Research Fellow - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

·       Jussara Rowland, Investigadora/Research Fellow - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

·       Mónica Truninger, Investigadora/Research Fellow - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

·       Susana Salgado, Investigadora principal - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

O Diálogo de Cidadãos Globais foi realizado em mais de 70 países para entender as preferências do público sobre como lidar com o futuro da Internet.

 

Mais de 70 diálogos, compostos por milhares de cidadãos de todas as esferas da vida, se reuniram ao longo do mês de outubro para discutir sua identidade digital, proteção de dados, uma esfera pública digital segura e governança de Inteligência Artificial. O objetivo foi o de integrar as vozes dos cidadãos nos processos de governança da Internet.

No website internacional do projeto encontra-se um resumo dos resultados mundiais: https://wetheinternet.org/2020-global-citizens-dialogue-results/

APDSI divulga consulta pública do II Plano de Ação Nacional de Administração Aberta (PANAA)

 

APDSI divulga consulta pública do II Plano de Ação Nacional de Administração Aberta (PANAA)


A participação Portuguesa na OGP implica a elaboração bienal de planos de ação nacional, a executar e supervisionar pela Rede Nacional de Administração Aberta (RNAA), estrutura informal composta por entidades públicas e organizações da sociedade civil.

Nesta página apresentamos a primeira versão do II Plano de Ação Nacional de Administração Aberta (PANAA), desenvolvido através de uma participação alargada entre as entidades públicas, sociedade civil e membros da RNAA.

Através deste plano procuramos reforçar os valores da OGP de promover a transparência, fomentar a participação pública, combater a corrupção e utilizar as novas tecnologias para fortalecer a democracia participativa, e apresentar medidas concretas e exequíveis a implementar até agosto de 2022.

De modo a recolher mais contributos sobre os compromissos a vigorar no II PANAA, o documento encontra-se em consulta pública entre 23 junho a 9 julho de 2021.

Faça comentários diretamente no relatório, em formato PDF usando a plataforma Google Drive.

Para mais informações, consulte o website da OGP Portugal.